A “teologia coaching” e seus perigos


De tempos em tempos surge no mundo secular alguma nova técnica, metodologia ou fórmula com a promessa de proporcionar ao ser humano desenvolvimento, motivação e sucesso pessoal e profissional. Talvez você se lembre do movimento da autoajuda, a programação neurolinguística ou “o segredo” do “poder da atração”, que ficaram conhecidos por meio de especialistas e gurus que prometiam como alcançar realização e felicidade plena, enquanto eles mesmos enriqueciam com a venda de livros e métodos supostamente infalíveis.

Considerando que não há nada de novo debaixo do sol segundo Salomão (Ec. 1.9), nos últimos anos a bola da vez no mundo do desenvolvimento pessoal é o chamado coaching. Segundo seus proponentes, o coaching é um processo, ou um conjunto de competência e habilidades, para que as pessoas consigam atingir objetivos na vida pessoal, profissional e financeira[i]. A metodologia consiste em um instrutor (coach), que ajuda e orienta seu aprendiz (coachee) a alcançar os resultados perseguidos, valendo-se de ferramentas de gestão e técnicas psicológicas.

Continuar leitura em CPADNews.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s